Registrador Figueiró participa de reunião sobre a CRI-RS


Oficial da 6ª Zona esteve em encontro sobre a futura Central dos Registradores de imóveis do Rio Grande do Sul

O Oficial do cartório de Registro de Imóveis da 6ª Zona de Porto Alegre, registrador Dr. Miguel Oliveira Figueiró, participou na tarde de terça-feira (28/06) de reunião no Colégio Registral sobre a criação da Central de Serviços Eletrônicos Compartilhados dos Registradores de Imóveis do Estado do Rio Grande do Sul (CRI-RS). O evento reuniu registradores, prepostos e equipes de TI das seis serventias extrajudiciais da capital gaúcha.

Na coordenação do encontro estiveram Dr. Paulo Ricardo de Ávila, registrador público de Teutônia e presidente do Colégio Registral do RS e Dr. Cláudio Nunes Grecco, membro do conselho de ética do Colégio Registral e registrador público de Bom Retiro do Sul, ambos da Comissão de Gestão da CRI-RS. Além do Registrador Figueiró, compareceram pelo Ri da 6ª Zona o assessor jurídico da serventia Dr. Tiago Goulart Vargas e Cleber Oliveira do setor de informática.

A Central de Serviços Eletrônicos Compartilhados dos Registradores de Imóveis do Estado do Rio Grande do Sul (CRI-RS), prevista no Provimento n.47 – CNJ, de 19/06/2015, visa à implantação do registro eletrônico de trata a Lei n. 11.977, de 7 de julho de 2009, o intercâmbio de documentos eletrônicos e de informações entre os ofícios de Registro de Imóveis, o Poder Judiciário, a Administração Pública, órgãos do sistema financeiro, demais entidades e público em geral, almejando sempre o aperfeiçoamento do registro imobiliário brasileiro.

No encontro de terça-feira, ficou acordado que os seis cartórios de registros de imóveis de Porto Alegre serão os primeiros no estado a testarem a plataforma desenvolvida, que será operada e administrada pelo Colégio Registral do Rio Grande do Sul. A CRI-RS permitirá o trafégo de comunicações entre serviços registrais e, futuramente, com as demais Centrais de outras especialidades existentes no país.

A Sky informática foi responsável pela demonstração de como funcionará o sistema que ainda passará por aperfeiçoamentos visando sempre garantir a segurança jurídica das operações.

Assessoria de imprensa: GV Comunicação – www.gvcomunicacao.com.br


Últimas Notícias
Arquivo